Cadernos de Seguro

Ponto de Vista

A astronomia, a distorção temporal e o seguro de responsabilidade civil

Recentemente, astrônomos anunciavam o testemunho de um evento raro. Conseguiram acompanhar a transformação de uma estrela em supernova, algo ocorrido em uma constelação situada a 88 anos-luz de distância da Terra. Isso, na verdade, quer dizer que o fato ocorreu... milhares de anos no passado, que é o tempo que as imagens levaram para chegar até nós.

Assim são as coisas em termos de espaço. O tempo é relativo, como bem provou Einstein. A cobertura de Responsabilidade Civil, dependendo das circunstâncias, guardadas as devidas proporções, segue algo parecido com a Lei da Relatividade do Tempo. Esquisito? Vamos por partes...

Baixe aqui a matéria completa

07/10/2016 03h18

Por Osvaldo Haruo Nakiri

Técnico/subscritor. Atuou em seguradoras, corretoras de seguro e resseguradoras ao longo de sua carreira. Publicou vários artigos em revistas consagradas, tais como a Cadernos de Seguro, Revista do IRB, Revista Apólice e Revista Cobertura, entre outras.

Cadernos de Seguro - Uma Publicação da ENS © 2004 - 2022. Todos os direitos reservados.


DATA PROTECTION OFFICER RESPONSÁVEL

Luiz Mattua - ens.lgpd@ens.edu.br
Rua Senador Dantas, 74, Centro - Rio de Janeiro / RJ
Somente assuntos relacionados a Lei Geral de Prote¸ão de Dados (LGPD)
 

Ao navegar em nosso site, vocę reconhece que leu e compreendeu nossa Política de Privacidade.